Rostos de Infância 2002

Acção Cultural

6 de Setembro de 2017

“Conjunto de imagens e sons captados durante uma visita ao bairro do Património perdido entre a freguesia de Leiria e Marrazes. Crianças que brincam, felizes alheias ao meio que as rodeias, mas que ao mesmo tempo as sufoca lentamente, destruindo sonhos e roubando os sorrisos.

No ano 2000 quando em visita ao bairro do Património com o objetivo de fazer uma reportagem para um semanário local sobre o mundo do consumo e tráfico de droga, fiquei sensibilizado com a realidade das crianças desde Bairro, ao contrário de outras experiencias em outros locais, estas continuavam imaculadas, sem que o meio onde habitam lhes tivesse corrompido os sonhos e ambições, ficando bem patente na imagem.

Em 2002 voltei ao Bairro com o intuito de fazer um trabalho mais alongado e tentar denunciar a realidade por forma a evitar a aniquilação do futuro destas crianças já à partida condenado, tanto pelo facto de viverem paredes meias com o consumo e trafico de droga, alcoolismo, pobreza extrema, falta de condições das habitação, saneamento, etc. (…)”